Atualizando a blogaria:

Olá, como devem ter reparado, tenho pouco atualizado esse blog. Isso acontece devido as tarefas profissionais e outros blogs de minha autoria. Por isso, resolvi repassar os links de todos eles. Clique no título do blog para abri-lo.

Livros virtuais — Livros que escrevi e desenhei e estão publicados no site Boookess.

República de Mulheres — blog que reúne as histórias em quadrinhos sobre um grupo de mulheres que moram em república.

Arte para a publicidade — blog que reúne meu trabalho para interessados em contratar para trabalhos jornalísticos ou publicitários

Contos em quadrinhos — reúne histórias em quadrinhos com mote literário, seja a partir de contos de terceiros ou minha autoria.

Meiguinha e Polentinha — reúne as histórias infantis desses personagens que, um dia, quero transformar em revista ou site. 

Leandro Malósi Dóro — reúne contos de minha autoria. Ali, no histórico, encontra-se conteúdo completo para um livro de contos.

Livro Tráfico — segundo livro que escrevi e foi publicado no site Passofundo.com em janeiro de 2001.

Revolta dos Motoqueiros — livro que publiquei em 2006 que apresenta uma versão romanceada de revolta de motociclistas em 1979.

Desenhos de pessoas — reúne retratos digitais que faço sob encomenda.

Sistema de gerenciamento digital dos elementos essenciais do jornalismo impresso — artigo científico que escrevi em 2008

Flickr do Dóro — esse é, por enquanto, apenas para usuários do Flickr. Acesse.

Twitter do Dóro — no histórico tem as frases humorísticas que crio diariamente.

 



 Escrito por Doro às 13h24
[] [envie esta mensagem]





 Escrito por Doro às 11h24
[] [envie esta mensagem]





 Escrito por Doro às 17h12
[] [envie esta mensagem]



Alexandre Wollner e a Formação do Design no Brasil from Mauricio Campos on Vimeo.



 Escrito por Doro às 21h35
[] [envie esta mensagem]





 Escrito por Doro às 12h23
[] [envie esta mensagem]



Twittadas do Dóro, originais

A rede Globo foi a inventora do Funk. Nos anos 80, o Didi dizia: Rede Gloooobo, Funk.

+++++

Lan House é o nome em inglês de Casa de Ovelha

+++++

Se desconhece se é gripe ou sinusite deve ser gripe sinusituína

+++++

Cezar Peluzinho é o novo ursinho pimpão a presidir o STF. A partir de hoje, a justiça deixa de ser careca e ganha bigodes

+++++

Humorista virou rumorista. Qualquer coisa que um humorista diz vira rumor, traduzindo, fofoca.

+++++

O cara foi pra balada eletrônica, entrou em coma alcoólica e acordou em um aparelho de ressonância magnética e disse: uau, a festa tá pegada

+++++

o problema da comida mexicana é que ela mexe com nossos canos - intestinais, no caso

+++++

twitteiro é redator publicitário amador. Concentra o máximo de asneira em 140 caracteres

+++++

Big Besta Brasil é um programa que vai me dar muita alegria...no dia que acabar

+++++

Recicle seus gases. A cada peido encha um balão

+++++

Fundei a Associação de Jornalistas de Assessoria Sindical e Anódina Cooperada e Organizada (Ajasaco)

+++++

o azul da bandeira com um risco no meio parece um par de nádegas refletindo o firmamento.

++++

o travesti foi o primeiro profissional versátil da história. depois dele a gente só toma no...

+++++

Assessor de imprensa é acensorista de cliente.

+++++

a cada meia-hora meu cérebro dá um restart.

+++++

Elvis disse ao pai: pai, quero ser um pop star. O pai respondeu: meu filho, você vai ter que rebolar.

++++

César chegou em casa e perguntou para a mulher: o que tem para o almoço? A mulher respondeu ave, César

++++

se a vida fosse um mar de rosas, alérgico acharia um inferno.

++++

se lentidão fosse semente, minha internet seria uma melancia



 Escrito por Doro às 11h37
[] [envie esta mensagem]





 Escrito por Doro às 21h27
[] [envie esta mensagem]



Computadores HP e seus inúmeros problemas

Possuo um HP TX 2110, adquirido em 2008. É um belo computador, pois tem processador AMD Turion 2.2, memória RAM de 3gb e disco rígido de 250gb, tela que vira e se torna a tela um tablet administrável pelo dedo ou caneta HP. Além disso é resistente a quedas, mesmo. Porém essa máquina possui inúmeros problemas. O principal é o fato de ter o Windows XP e uma série de programas agregados que vieram com o pacote de softwares, que o tornaram lento para iniciar. Demorei semanas para reduzir o número de programas que inicializavam automaticamente para, então, conseguir abri-lo com rapidez. O processador AMD esquenta com celeridade, o que o torna um pequeno forno. E, principalmente, o plug da fonte do notebook estraga com frequencia, o que me força a ficar sem a máquina até que eu consiga consertá-lo. Agora, no momento, escrevo essas queixas em um Acer - máquina que nunca deu qualquer problema, porém que ainda despossui um modelo TX disponível com facilidade no país ou exterior. O meu conselho aos usuários: se você não necessita, como eu, de um modelo TX, sugiro fugir dos computadores HP.



 Escrito por Doro às 21h50
[] [envie esta mensagem]





 Escrito por Doro às 22h25
[] [envie esta mensagem]



Cem anos sem Angelo Agostini


Este genial artista gráfico, criador da primeira HQ do mundo (As Aventuras de Nhô Quim) em 30 de Janeiro de 1869, fundou os mais importantes jornais do Brasil na época (Diabo Coxo, O Cabrião, Revista Illustrada) e colaborou com inúmeros outros (O Mosquito, Vida Fluminense, Tico-tico).
Suas charges eram  lidas e discutidas por todos. Ele era realmente popular.
Infelizmente, morreu sem reconhecimento.
A Escola de Arte Pandora quer reparar isso com uma exposição de professores. alunos e notáveis caricaturistas e quadrinhistas dos tempos atuais: Amorim, Bira Dantas, Caio Yo, Clovis Lima, Edgar Franco, Fabiano Carriero, Leandro Doro, Matheus Moura, Matheus Mazzari, Moretti, Morettini, Nei Lima, Pacheco, Toni d'Agostino, Uenderson e Will dão a graça de seus traços em honra do nosso passado.
Pois sempre é tempo de provar que temos memória sim e que um Mestre como Angelo Agostini não será esquecido nunca.
 
Exposição de 30/01 à 13/02.
Das 9h00 às 19h00 (de segunda à sexta) e das 9h00 às 13h00 (sabado)

 

 



 Escrito por Doro às 12h05
[] [envie esta mensagem]



Augusto dos Anjos em quadrinho na revista da Cultura

Minha adaptação de Augusto dos Anjos para os quadrinhos rendeu citação em matéria para a Revista da Cultura, da Livraria Cultura, de São Paulo. A entrevista foi realizada em 2009. Agora procuro editora interessada. Leia a matéria clicando aqui.

 



 Escrito por Doro às 15h18
[] [envie esta mensagem]



Mandrake, de Rubem Fonseca, por Dóro



 Escrito por Doro às 11h13
[] [envie esta mensagem]



 



 Escrito por Doro às 14h44
[] [envie esta mensagem]



Acredito no Brasil - por Leandro Malósi Dóro

Creio no desenvolvimento do Brasil. Eu, que moro no sul do Brasil, penso que estamos próximos de nos tornarmos Primeiro Mundo. Estudo recente do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) afirma que, se o país mantiver seus atuais índices de crescimento do emprego, em 2016 o país pode ter apenas 4% da população em situação de pobreza extrema (menos de ¼ de salário mínimo), o que nos une ao primeiro mundo. 

O começo da exploração da camada pré-sal e a exploração do biodiesel também sinalização para um aumento exponencial do desempenho econômico nacional. Porém isso não basta. Precisamos atingir excelência em outros setores para nos tornarmos uma grande nação. Os recursos estão aí para serem explorados.

Pesquisadores locais poderiam desenvolver um refrigerante baseado no chá mate, para contrapor os baseados em cola. Evo Morales provocou os norte-americanos criando a Coca-colla, porém a folha de coca é produzida nos países latinos. Nós temos o chá mate, que nos anos 60 foi proibido de ser vendido nas ruas de Porto Alegre, por exemplo, devido ao lobby da Coca-cola – a norte-americana -, para reduzir a concorrência contra sua bebida viciante.

Ainda, creio, é preciso explorar o jambú. Essa folha é comum no norte do país. Amortece os lábios de quem a consome e poderia ser base para alimentos industrializados com características nacionais, que iriam diferir extremamente de qualquer outro concorrente.

Nenhum país é de primeiro mundo se não tem uma marca nacional de veículos. O país já teve a Gurgel, agora possuí apenas fábricas das filiais das empresas alemãs, norte-americanas, japonesas, inglesas e francesas, tornando nossas ruas um desfile de marcas do Primeiro Mundo. A prova de nossa capacidade é que a Ford utilizará o motor do Fiesta, produzido no Brasil, em automóveis para os Estados Unidos. Um bom grupo de empresários locais e uma bela linha de financiamento do BNDES seriam bem-vindos para começar o projeto da marca nacional.

A mesma estrutura para produzir automóveis nacionais, creio, deve ser válida para fábricar veículos militares para suprir o exército brasileiro. Até os anos 80 o Brasil tinha a Engesa, que produzia jipes com tração nas quatro rodas para o exército brasileiro. A empresa faliu e hoje o país compra veículos militar via concorrências vencidas apenas por multinacionais.

O mesmo vale para armamentos. No Rio Grande do Sul há a Taurus, que produz revólveres exportados para diversos países. Esse conhecimento deveria ser utilizado para criar armas de repetição às Forças Armadas do Brasil e exportar para demais países.

Muitos dirão: para quê comprar armas? O Brasil nunca provocou guerras. Correto. Entretanto a tecnologia para fins militares em geral fomenta uma série de indústrias que poderão ser utilizadas para fins pacíficos. A autonomia gera lucros. Os EUA, que se autodenominam polícia do mundo, vendem armamentos para todo o mundo e tem diversas empresas nacionais em sua folha de pagamento, entre elas a inofensiva Kellogg's – a mesma dos cereais matinais -, que revende rações aos soldados norte-americanos em um convênio lucrativo para a empresa e que sem dúvida lhes dá fôlego para buscar mercados internacionais para expandir sua empresa.

A música de massa é outro espaço que precisa ser melhor conquistado pela mídia local. O cancioneiro popular é atingido com êxito – sertanejo, pagode, axé, etc. - são gêneros com público cativo e vendas garantidas. Entretanto a classe média é refém dos Top 40 norte-americanos e dos seriados da Disney que revendem periodicamente artistas para pré-adolescentes que irão crescer fiéis a cultura anglo-saxônica e muitas vezes se recusando a ouvir canções em português.

Criar emissoras com músicas locais seria a chance que teríamos para explorar esse lucrativo mercado feito de licenciamento de marcas e imagens de artistas que, ao invés de serem estrangeiros, podem ser os nossos e com uma seleção de ritmos locais.

As repartições públicas também precisam ser reformuladas. A pesquisa científica deve ser a principal tarefa dos novos funcionários públicos. Descobrir medicamentos, recursos tecnológicos, explorar terra e espaço e desenvolvermos nanotecnologia nacional são exemplos de tarefas que poderiam ser impulsionadas pelo setor público.

A iniciativa privada pode auxiliar a financiar e usufruir dos resultados das pesquisas. No momento temos isso nas universidades federais. Porém a amplitude dessas pesquisas pode ser aumentada em diversas vezes se existir o interesse governamental.

O país caminha nos trilhos desenvolvimentistas, para felicidade da nação. Todavia precisa assumir esses e outros desafios para ser gigante.

 



 Escrito por Doro às 20h59
[] [envie esta mensagem]





 Escrito por Doro às 11h34
[] [envie esta mensagem]



[ ver mensagens anteriores ]


 


Histórico
02/05/2010 a 08/05/2010
25/04/2010 a 01/05/2010
18/04/2010 a 24/04/2010
14/03/2010 a 20/03/2010
07/03/2010 a 13/03/2010
14/02/2010 a 20/02/2010
31/01/2010 a 06/02/2010
24/01/2010 a 30/01/2010
17/01/2010 a 23/01/2010
10/01/2010 a 16/01/2010
03/01/2010 a 09/01/2010
13/12/2009 a 19/12/2009
06/12/2009 a 12/12/2009
29/11/2009 a 05/12/2009
22/11/2009 a 28/11/2009
15/11/2009 a 21/11/2009
08/11/2009 a 14/11/2009
01/11/2009 a 07/11/2009
25/10/2009 a 31/10/2009
18/10/2009 a 24/10/2009
11/10/2009 a 17/10/2009
04/10/2009 a 10/10/2009
27/09/2009 a 03/10/2009
20/09/2009 a 26/09/2009
13/09/2009 a 19/09/2009
06/09/2009 a 12/09/2009
30/08/2009 a 05/09/2009
23/08/2009 a 29/08/2009
02/08/2009 a 08/08/2009
26/07/2009 a 01/08/2009
19/07/2009 a 25/07/2009
12/07/2009 a 18/07/2009
05/07/2009 a 11/07/2009
28/06/2009 a 04/07/2009
21/06/2009 a 27/06/2009
14/06/2009 a 20/06/2009
07/06/2009 a 13/06/2009
31/05/2009 a 06/06/2009
24/05/2009 a 30/05/2009
17/05/2009 a 23/05/2009
10/05/2009 a 16/05/2009
03/05/2009 a 09/05/2009
26/04/2009 a 02/05/2009
19/04/2009 a 25/04/2009
12/04/2009 a 18/04/2009
05/04/2009 a 11/04/2009
29/03/2009 a 04/04/2009
22/03/2009 a 28/03/2009
01/03/2009 a 07/03/2009
08/02/2009 a 14/02/2009
01/02/2009 a 07/02/2009
25/01/2009 a 31/01/2009
18/01/2009 a 24/01/2009
11/01/2009 a 17/01/2009
04/01/2009 a 10/01/2009
28/12/2008 a 03/01/2009
21/12/2008 a 27/12/2008
14/12/2008 a 20/12/2008
07/12/2008 a 13/12/2008
30/11/2008 a 06/12/2008
23/11/2008 a 29/11/2008
09/11/2008 a 15/11/2008
02/11/2008 a 08/11/2008
26/10/2008 a 01/11/2008
19/10/2008 a 25/10/2008
12/10/2008 a 18/10/2008
05/10/2008 a 11/10/2008
28/09/2008 a 04/10/2008
21/09/2008 a 27/09/2008
14/09/2008 a 20/09/2008
07/09/2008 a 13/09/2008
31/08/2008 a 06/09/2008
24/08/2008 a 30/08/2008
17/08/2008 a 23/08/2008
03/08/2008 a 09/08/2008
27/07/2008 a 02/08/2008
20/07/2008 a 26/07/2008
13/07/2008 a 19/07/2008
06/07/2008 a 12/07/2008
29/06/2008 a 05/07/2008
22/06/2008 a 28/06/2008
08/06/2008 a 14/06/2008
01/06/2008 a 07/06/2008
11/05/2008 a 17/05/2008
04/05/2008 a 10/05/2008
27/04/2008 a 03/05/2008
20/04/2008 a 26/04/2008
13/04/2008 a 19/04/2008
06/04/2008 a 12/04/2008
30/03/2008 a 05/04/2008
23/03/2008 a 29/03/2008
09/03/2008 a 15/03/2008
02/03/2008 a 08/03/2008
24/02/2008 a 01/03/2008
17/02/2008 a 23/02/2008
27/01/2008 a 02/02/2008
20/01/2008 a 26/01/2008
13/01/2008 a 19/01/2008
06/01/2008 a 12/01/2008
30/12/2007 a 05/01/2008
23/12/2007 a 29/12/2007
16/12/2007 a 22/12/2007
09/12/2007 a 15/12/2007
02/12/2007 a 08/12/2007
25/11/2007 a 01/12/2007
18/11/2007 a 24/11/2007
11/11/2007 a 17/11/2007
04/11/2007 a 10/11/2007
21/10/2007 a 27/10/2007
14/10/2007 a 20/10/2007
30/09/2007 a 06/10/2007
16/09/2007 a 22/09/2007
09/09/2007 a 15/09/2007
02/09/2007 a 08/09/2007
26/08/2007 a 01/09/2007
19/08/2007 a 25/08/2007
12/08/2007 a 18/08/2007
05/08/2007 a 11/08/2007
29/07/2007 a 04/08/2007
22/07/2007 a 28/07/2007
15/07/2007 a 21/07/2007
08/07/2007 a 14/07/2007
01/07/2007 a 07/07/2007
24/06/2007 a 30/06/2007
17/06/2007 a 23/06/2007
03/06/2007 a 09/06/2007
27/05/2007 a 02/06/2007
20/05/2007 a 26/05/2007
13/05/2007 a 19/05/2007
29/04/2007 a 05/05/2007
22/04/2007 a 28/04/2007
15/04/2007 a 21/04/2007
08/04/2007 a 14/04/2007
01/04/2007 a 07/04/2007
25/03/2007 a 31/03/2007
18/03/2007 a 24/03/2007
11/03/2007 a 17/03/2007
04/03/2007 a 10/03/2007
25/02/2007 a 03/03/2007
18/02/2007 a 24/02/2007
11/02/2007 a 17/02/2007
04/02/2007 a 10/02/2007
28/01/2007 a 03/02/2007
21/01/2007 a 27/01/2007
14/01/2007 a 20/01/2007
07/01/2007 a 13/01/2007
24/12/2006 a 30/12/2006
17/12/2006 a 23/12/2006
10/12/2006 a 16/12/2006
03/12/2006 a 09/12/2006
26/11/2006 a 02/12/2006
19/11/2006 a 25/11/2006
12/11/2006 a 18/11/2006
05/11/2006 a 11/11/2006
29/10/2006 a 04/11/2006
22/10/2006 a 28/10/2006
08/10/2006 a 14/10/2006
01/10/2006 a 07/10/2006
24/09/2006 a 30/09/2006
10/09/2006 a 16/09/2006
27/08/2006 a 02/09/2006
20/08/2006 a 26/08/2006
13/08/2006 a 19/08/2006
30/07/2006 a 05/08/2006
23/07/2006 a 29/07/2006
16/07/2006 a 22/07/2006
02/07/2006 a 08/07/2006
25/06/2006 a 01/07/2006
04/06/2006 a 10/06/2006
28/05/2006 a 03/06/2006
21/05/2006 a 27/05/2006
14/05/2006 a 20/05/2006
07/05/2006 a 13/05/2006
30/04/2006 a 06/05/2006
23/04/2006 a 29/04/2006
02/04/2006 a 08/04/2006
19/03/2006 a 25/03/2006
29/01/2006 a 04/02/2006
22/01/2006 a 28/01/2006
25/12/2005 a 31/12/2005
04/12/2005 a 10/12/2005
27/11/2005 a 03/12/2005
23/10/2005 a 29/10/2005
25/09/2005 a 01/10/2005
18/09/2005 a 24/09/2005
28/08/2005 a 03/09/2005
21/08/2005 a 27/08/2005
14/08/2005 a 20/08/2005
07/08/2005 a 13/08/2005
31/07/2005 a 06/08/2005
24/07/2005 a 30/07/2005
17/07/2005 a 23/07/2005
10/07/2005 a 16/07/2005
03/07/2005 a 09/07/2005
26/06/2005 a 02/07/2005
19/06/2005 a 25/06/2005
12/06/2005 a 18/06/2005
05/06/2005 a 11/06/2005
22/05/2005 a 28/05/2005
08/05/2005 a 14/05/2005
01/05/2005 a 07/05/2005
24/04/2005 a 30/04/2005
17/04/2005 a 23/04/2005
10/04/2005 a 16/04/2005
03/04/2005 a 09/04/2005
28/11/2004 a 04/12/2004
21/11/2004 a 27/11/2004
14/11/2004 a 20/11/2004
07/11/2004 a 13/11/2004
31/10/2004 a 06/11/2004
24/10/2004 a 30/10/2004
17/10/2004 a 23/10/2004
10/10/2004 a 16/10/2004


Votação
Dê uma nota para meu blog


Outros sites
Manual do Minotauro, por Laerte
http://www.universohq.com
http://rafaelsica.zip.net
http://talktohimselfshow.zip.net/
http://www.animamundiweb.com.br
http://www2.uol.com.br/millor/
http://humor.uol.com.br/
http://www.wired.com/animation
http://www.nonaarte.com.br
http://www.adaoonline.com.br/
http://www.sib.art.br/
Página do Rafinha
Tonto
Lourenço Mutarelli (de joelhos, galera)
Cybercomix
Gibindex (Estou lá)
Lambiek - Enciclopédia mundial de desenhistas
Marco Weissheimer
Regina Ramão
Grafistas Associados do Rio Grande do Sul